Agenda Cultural

IMG-BLOG
9/outubro/2019

Exposição Jackson é Pop no Centro Cultural da Câmara

Postado por Marketing | 9/outubro/2019 | Agenda Cultural

Representantes da Câmara dos Deputados, situada no Palácio do Congresso Nacional, em Brasília (DF), estiveram em junho, no Museu de Arte Popular da Paraíba (MAPP) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), em Campina Grande, e se encantaram com o acervo e as curadorias da nova exposição do MAPP, denominada “Jackson é Pop”. A visita resultou em um convite para que um recorte da mostra, que homenageia o centenário do Rei do Ritmo, fosse exibido no Salão Negro – espaço localizado na entrada de honra do Congresso.

O vernissage será realizado nesta terça-feira (8), às 19h, e a exposição seguirá em cartaz até o dia 8 de novembro. Um pouco antes, no dia 5 de novembro, quando se comemora o Dia da Cultura Brasileira, ocorrerão diversas celebrações tendo a exposição como âncora. Apresentando “Jackson é Pop” figuram o reitor da UEPB, Antonio Guedes Rangel Junior, e a diretora do Centro Cultural da Câmara, Isabel Martins Flecha de Lima.

Responsável pelo setor museológico da Câmara dos Deputados, o Centro também organiza exposições artísticas e eventos semelhantes. De acordo com a direção dele, o local que abriga a mostra é privilegiado, posto que mais de 1.600 visitantes transitam em suas dependências, apenas nos finais de semana. Como o Salão Negro é tombado, sem vidros e paredes, suportes distintos foram planejados e executados em madeira e acrílico, segundo explanou o pró-reitor adjunto de Cultura da UEPB, professor Chico Pereira.

A exposição conta com 42 painéis, duas vitrines, tela para projeção de imagens e a edição de luxo de um catálogo contendo 52 páginas. Conforme Chico, uma verdadeira força tarefa foi estruturada para replicar integralmente o material, a exemplo da Linha do Tempo, que aponta os marcos na história de Zé Jack, e da seção Biografia, bem como das fotos e manuscritos. Efetivaram-se, inclusive, réplicas dos instrumentos, das impressões e da iluminação.

“Músicos, designers, jornalistas, todos da UEPB, a nossa ‘prata da casa’, juntamente com os profissionais do Centro Cultural, em sinergia, montaram um trabalho brilhante, onde o astro rei ocupa seu merecido lugar de excelência”, disse. Chico Pereira acrescentou que, durante este período, os estados de Pernambuco e Amazonas já manifestaram interesse em “Jackson é Pop”. “Inicia-se assim um período de itinerância dos acervos do MAPP, levando para outras paragens os nossos saberes, tradições e, principalmente, aqueles aspectos inerentes à cultura brasileira”, finalizou.

0Shares


Onde ir?
O que fazer?
Onde Ficar?