ALCEU VALENÇA – AMIGO DA ARTE

IMG-BLOG
15/setembro/2019

ALCEU VALENÇA – AMIGO DA ARTE

Postado por Marketing | 15/setembro/2019 | Agenda Cultural

ALCEU VALENÇA – AMIGO DA ARTE
AMIGO DA ARTE, o novo show de ALCEU VALENÇA, reúne canções que ressaltam o diálogo entre a obra do cantor e compositor pernambucano e suas referências na literatura, na poesia, na filosofia, nas artes em geral.

“Agalopado” reúne três referências literárias numa mesma canção. Dos mineiros Guimarães Rosa (“viro rosa, vereda de espinhos”) e Drummond (“viro pedra no meio do caminho”) ao espanhol Cervantes (“Dom Quixote liberto de Cervantes”), cantamos a dor, o amor e o desengano.

A Bahia de Jorge Amado ganha contornos olindenses ao citar “pastores da noite” em “Chuva de Cajus”. O gaúcho Mario Quintana é homenageado em “Senhora Dona” (“eles passarão, eu passarinho”). Duas canções saúdam Rubem Braga: “Na Primeira Manhã” (“um conde falando ao passarinho”) e “Ai de Ti, Copacabana”, homônima do clássico do escritor capixaba.

“Loa de Lisboa” cita nominalmente o poeta Fernando Pessoa, acoplada à récita de “Tabacaria”, um dos maiores momentos do poeta português. “P da Paixão” evoca o fado lusitano, enquanto “Frevo Número 1” une o Recife a Lisboa pelas influências ibéricas ressaltadas na canção de Antonio Maria, gravada por Alceu em dueto com a cantora portuguesa Carminho.

Dentre outros pernambucanos, Alceu recita Ascenso Ferreira, cujo “Trem de Catende” serviu como inspiração a “Vou Danado pra Catende”, e Carlos Pena Filho, autor do poema Solibar. Já a letra de “Junho” é do poeta Geraldo Valença, tio do compositor. E Lourival Batista, o Louro do Pajeú, um dos maiores poetas do sertão tem seu clássico “Natureza” revivido pela primeira vez na voz de Alceu.

Para apurar ainda mais nossa sensibilidade, o cantor recria músicas sempre pedidas pelo público, mas que há tempos não integravam o repertório de seus shows. É o caso de “Romance da Bela da Inês”, “Marim dos Caetés”, “Tesoura do Desejo”, “Tomara” (“uma nação solidária, sem preconceitos”), “Espelho Cristalino”, “Lava-Mágoas” (parceria com Dominguinhos), “Seixo Miúdo”. Esta traz a citação da frase “O homem é o lobo do homem” do filósofo renascentista inglês Thomas Hobbes em sua obra “Leviatã”.

E claro, os clássicos que não podem faltar: “Anunciação”, “Cavalo de Pau”, “Coração Bobo”, “Belle de Jour”, “Girassol”, “Táxi Lunar”, “Tropicana”, além da canção-título do espetáculo. Porque nosso coração é rebelde e selvagem e somos todos Amigos da Arte.

ALCEU se apresenta ao lado de Paulo Rafael (guitarra), Tovinho (teclados), André Julião (sanfona), Nando Barreto (baixo), Cassio Cunha (bateria)

SERVIÇO
Data: 29/09/2019
Local: Teatro Pedra do Reino
Endereço: Rod. PB-008, Km 5, s/n – Pólo Turístico Cabo Branco – João Pessoa/PB
Classificação etária: 16 anos. Menores a partir de 14 anos podem entrar acompanhados de pais e/ou responsáveis legais.

BILHETERIA OFICIAL – SEM COBRANÇA DE TAXA DE CONVENIÊNCIA
Ecológica Kaué – Manaíra Shopping
Rua Manoel Arruda Cavalcante, 805 – Manaíra – João Pessoa/PB
Segunda a sexta das 10h às 22h
Domingos e feriados das 13h às 22h
Venda e retirada de ingressos apenas para o show do Alceu Valença – João Pessoa

MEIA-ENTRADA E INGRESSOS PROMOCIONAIS
Confira em https://www.eventim.com.br/meiaentrada as leis de meia-entrada, identificando quem tem direito ao benefício e os documentos comprobatórios.

0Shares